domingo, 6 de fevereiro de 2011

De olho na amamentação

Muitas mães se preparam intensamente para o momento do parto. Mas e a amamentação? Isso me faz lembrar dos inúmeros preparativos para o casamento que será uma festa de arromba. Até aí, tudo lindo, sucesso total. Na semana seguinte, começam a surgir pequenas coisas do cotidiano, como aquela roupa suja no chão do banheiro toda noite ou toalha molhada em cima da cama, eventos nunca antes imaginados nas cenas do casamento perfeito. Houve preparação para isso? Na maioria das vezes não.

E com relação a amamentação, é preciso preparar as mamas? Não há comprovação científica de que isso seja necessário. No entanto, existe sim uma precaução bem válida: conferir se o local de parto eleito por você está apto a ajudá-la no início da amamentação. Por isso, recomendo a você checar se a instituição segue os passos abaixo:

 

Fonte: Prefeitura de Uberlândia

 

Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno

1 – Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida a toda a equipe do serviço.
2 – Treinar toda a equipe, capacitando-a para implementar essa norma.
3 – Informar todas as gestantes atendidas sobre as vantagens e o manejo da amamentação.
4 – Ajudar a mãe a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto.
5 – Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos.
6 – Não dar a recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que tenha indicação clínica.
7 – Praticar o alojamento conjunto – permitir que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia.
8 – Encorajar a amamentação sob livre demanda.
9 – Não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas.
10 – Encorajar o estabelecimento de grupos de apoio à amamentação, para onde as mães devem ser encaminhadas por ocasião da alta hospitalar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário