quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Teste sanguíneo irá sinalizar grávidas em risco de parto pré-termo

Um simples teste sanguíneo pode em breve indicar se um grávida está em risco de parto pré-termo. Segundo investigadores norte-americanos cerca de 80 por cento dos partos prematuros poderão assim ser prevenidos, se os médicos souberem antecipadamente que a grávida está em risco. O teste em causa permite
Segundo o estudo realizado na Universidade do Utah, oito em cada dez grávidas que dão à luz prematuramente desenvolvem no sangue três novos péptidos (bio-moléculas formados pela ligação de dois ou mais aminoácidos).
Com o teste que os identifica, os médicos podem aconselhar as grávidas a fazer alterações no seu estilo de vida, a descansar muito, e receitar hormonas que vão manter o bebé no útero durante mais tempo. Conseguir prolongar a gravidez por uma ou duas semanas já representa um enorme impacto, em termos de taxa de sobrevivência, mas também na qualidade da saúde dos bebés que sobrevivem.
O estudo foi publicado no American Journal of Obstetrics and Gynaecology.

Fonte: TVI24

Nenhum comentário:

Postar um comentário