segunda-feira, 10 de outubro de 2011

FOI CRIADO O "DIA ESTADUAL DA DOULA"

É com muito orgulho que compartilho uma data para lá de especial, o Dia Estadual da Doula, que acaba de sair do forno:

Diário da Assembléia Legislativa –
Nº 74 – DOE de 20/04/11 – p.19
PROJETO DE LEI Nº 344, DE 2011
Institui o "Dia Estadual da Doula".
A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
DECRETA:
Artigo 1º - Fica instituído o “Dia Estadual da Doula”, que será comemorado anualmente no dia 18 de dezembro.
Artigo 2º - O “Dia Estadual da Doula” passa a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado de São Paulo.
Artigo 3º Os objetivos do “Dia Estadual da Doula” são:
I – estimular ações informativas visando à conscientização da importância das doulas;
II – promover debates e outros eventos sobre a importância das doulas na gestação ;
Artigo 4º - O Poder Executivo regulamentará a presente lei.
Artigo 5º - As despesas decorrentes da execução desta lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.
Artigo 6º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
JUSTIFICATIVA
A palavra "doula" vem do grego e significa "mulher que serve". Nos dias de hoje, aplica-se às mulheres que dão suporte físico e emocional à outras mulheres durante a gestação, no trabalho de parto e na amamentação.
Durante a gestação a doula orienta o casal sobre o que esperar do parto e pós-parto. Explica os procedimentos comuns e ajuda a mulher a se preparar, física e emocionalmente para o parto, das mais variadas formas. Durante o parto a doula funciona como uma interface entre a equipe de atendimento e o casal. Ela explica os complicados termos médicos e os procedimentos hospitalares e atenua a eventual frieza da equipe de
atendimento num dos momentos mais vulneráveis de sua vida.
Ela ajuda a parturiente a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e parto, mostra formas eficientes de respiração e propõe medidas naturais que podem aliviar as dores, como banhos, massagens, relaxamento, etc.. Após o parto ela faz visitas à nova família, oferecendo apoio especialmente em relação à amamentação e cuidados com o bebê.
A Doula não substitui o acompanhante. Ela também dá suporte e orienta o acompanhante a oferecer apoio e conforto à mulher, mostrando como ser útil e não ficar perdido na assistência a mulher, o que normalmente ocorre.
Não é função da Doula realizar qualquer procedimento médico, como fazer exames, aferir pressão ou administrar medicamentos e cuidar da saúde do bebê, muito embora algumas sejam médicas e enfermeiras. Ela oferece segurança, tranqüilidade e conhecimento para um parto seguro e não substitui nenhum profissional envolvido na assistência ao parto.
Ter um dia reflexão, incentivo e comemoração, voltado para a Doula favorece a expansão e importância de sua atuação.
Nesse sentido, apresentamos o presente projeto de lei que Institui o “Dia Estadual da Doula”, no âmbito do estado de São Paulo, a ser comemorado no dia 18 de dezembro, como homenagem a Nossa Senhora do Bom Parto.
Sala das Sessões, em 18/4/2011
a) Ana Perugini - PT

2 comentários:

  1. Marília, trabalho com a deputada Ana Perugini, que propôs a lei. Tive meu filho por cócoras. Minha doula estava do lado. Foi maravilhosa a presença dela naquele momento tão frágil. Temos, sim, que ajudar a divulgar estas e outras iniciativas de reconhecimento da importância da doula.

    ResponderExcluir
  2. Oi Julyana,
    td bem?

    Desculpe a demora em escrever o e-mail. Eu tb sou doula e realizamos uma movimentação na data para comemorar o Dia Estadual da Doula. Parabéns a você e a Ana Perugini pela iniciativa.

    ResponderExcluir